Vestido curto, midi ou longo?

Quando surge um casamento ou aquela festa com dress code mais elaborado, logo vem a dúvida: será que posso ir de curto? E como uso o midi que está super em alta agora? A escolha mais frequente (e que vem especificada em grande parte dos eventos) são os longos, que estão no topo da lista de formalidades. Mas nem sempre a peça é obrigatória e os curtos aparecem como opção para quem quer variar o visual e não se sente tão a vontade com vestidos longos, como eu.

Várias cores, em várias modelagens … Mas o que ainda prefiro são os escuros, que alongam e dão um ar sofisticado

Os curtos geralmente caem bem em festas onde você não tem um papel de destaque (como madrinha), ou então que está estipulado que o traje é até passeio completo. Se for black tie, não tem como, vai ter que ser o longo! Os de comprimento midi também entram no time dos curtos que podem variar a modelagem padrão, longa. Para as que gostam de ousar um pouco mais e subir o comprimento, lembre-se que eles ficam para festas mais jovens ou baladinhas.

Várias modelagens, todas valorizando a silhueta

Ter um vestido midi no guarda-roupa já garante um look funcional para o dia a dia ou evento mais sofisticado. Como não são tão curtos, evitam certo desconforto, e também não são tão compridos, o que proporciona mais tranquilidade. Eles podem ser mais justos no corpo, que dão um ar mais sexy e produzido, ou mais soltinhos, de modelagem mais romântica.

E vocês, qual a sua preferência?

Read More

E o verão vem dando as caras!

Depois da onda de frio que passou pelo Brasil nas regiões sul e sudeste, finalmente estamos começando a sentir um pouquinho de calor, já que estamos a pouco mais de um mês de uma das estações mais lindas, que é a primavera.

Todas as vezes que uma estação está trocando, já começo a pensar no que vou aposentar no meu guarda roupa ou o que está faltando, e assim planejo minhas compras depois dessa limpa. Geralmente, fazer essas comprinhas durante a troca sai muito mais em conta do que deixar a estação ou o clima ficar em alta para começar a fazer essa renovação. Nesse inverno mesmo, como todo mundo foi pego de surpresa com o frio que fez, precisei tirar do armário algumas roupas que só usava para viajar para fora. Além disso, toda a família saiu para comprar quase que as pressas algum estoquinho de meias quentes, pantufas e casacos de fleece.

Um dos principais itens de vestuário que mais valem a pena comprar com antecedência são as sandálias. Geralmente escolho cores e modelos atemporais e confortáveis, como os abaixo, pois assim a chance de querer trocá-las de um ano para o outro é menor. Como sapato geralmente é um investimento um pouco mais alto e muitas vezes somos limitadas pelo espaço que temos para guardá-los, é importante fazer uma compra consciente!

Abaixo alguns dos modelos que mais gostei de inspiração, de alguns com salto mais grosso e outros que são mais baixinhos, ideais para praia ou piscina!

Saltos mega confortáveis para uma baladinha ou sair mais arrumada

Flats para caminhar muito!

E para você, quais as sandálias imperdíveis do seu guarda roupa?

Read More

Hotpants ou flare, eis a questão?

Os anos passam e a moda de calças transita basicamente entre dois tipos principais de modelo: as calças hot pants, que são bem coladas e de cós alto (conhecidas anteriormente como skinny, tendo também versões no meio da batata da perna que foram conhecidas como corsário) ou então as do tipo flare (uma revisitada às antigas pantalonas, mas com corte mais definido).

Ambos os modelos valorizam muito a silhueta feminina, não importa qual é a sua. Então, sempre que for às compras, tenha em mente as seguintes definições:

  • A hot pant segura o abdomen e define o corpo – ele é super versátil, e combina desde para o trabalho até para a balada
  • flare, que combina mais com salto, alinha a postura e dá um ar mais formal ao look – ótimo para eventos formais, entrevistas de emprego, trabalho, ou um happy hour

Particularmente sempre fui mais fã das calças hot pants do que pantalona, pois elas são mais versáteis para usar com salto alto ou salto baixo, enquanto a calça flare, dependendo da bainha, pode ficar arrastando no chão. De qualquer maneira, são dois looks que valorizam muito a silhueta feminina e tem de tudo para se manter em alta, ou seja, são peças que podemos investir com certeza para colocar no guarda-roupa, pois elas ficarão lá por muito tempo!

Segue abaixo algumas inspirações de uso dos dois tipos de modelos:

Calças flare

Calças hot pants

E vocês, qual das duas preferem?

Read More